12 de ago de 2011

Em que mundo vivem alguns fornecedores???

Quando decidimos nos casar, eu disse que queria que todas as decisões do casamento passassem pelas minhas mãos. Nunca cogitei a hipótese de ter uma pessoa fazendo as escolhas por mim, tanto que contratei somente o cerimonial do dia. A Lanna foi o contrato que fechei com mais rapidez e estou super segura da minha escolha. Tem me ajudado bastante quando encontro um fornecedor que me interessa e pergunto se ela tem referências boas.
Exatamente por querer decidir e escolher todas as coisas que minha vida e a do noivo (claro! Supeeeer participativo) tem se dividido em duas: durante o dia trabalho e, à noite, pesquisas e longas conversas sobre os preparativos. E estamos adorando tudo isso!
Nessas nossas buscas encontramos fornecedores super compreensivos, entendem que antes de sermos noivos temos nossa vida profissional e por isso não estamos disponíveis 100% do tempo. E com isso já fechamos contratos em shoppings, temos reuniões nos mais diversos locais e horários. Em contrapartida encontramos fornecedores totalmente no sense, que acham, por exemplo, que conseguiremos estar em São Conrado as 15:00 hs no meio da semana. E detalhe, quando pergunto se não tem alternativa (afinal eu e o noivo trabalhamos so so far away) a pessoa me responde “hoje em dia todos trabalhamos, mande um motoboy”. Descobri o mundo nesse e-mail, não sabia que todos trabalhavam. #prontofalei
Enquanto recebo kit em casa de um fornecedor de Teresópolis, o outro se recusa em ao menos ter um horário flexível para pegarmos o tal kit. Noiva já é um bichinho neurótico e quando cisma então, sai de baixo. Resultado: não quero mais o kit, fornecedor riscado da listinha!

Um comentário:

  1. Cara, é porque a gente tem bom senso e não fica falando mal dos outros a torto e a direito, mas esse pessoal merecia uma frase bem grande nos blogs "FORNECEDOR TAL, NÃO RECOMENDO!", pra ver se aprendem a ser mais gentis!

    ResponderExcluir