25 de out de 2011

Monograma do Casal!

Estamos chegando à contagem dos 10 meses para o casório e detalhes que até então não nos preocupávamos começaram a se fazerem presentes. Na semana passada o assunto convite de casamento surgiu, afinal se não começarmos a decidir agora (pelo que conheço da nossa indecisão) vamos ficar atrasados. Mostrei ao noivo fotos de alguns convites que venho salvando ao longo dos preparativos e, o que não era de se espantar, o que ele mais gostou é também o meu modelo favorito. O problema foi que, logo o modelo que mais gostamos é também o mais caro, bem acima do que pretendíamos gastar com esse item. Tudo bem, esse foi o único fornecedor orçado até agora, mas vamos ao assunto que me estimulou a escrever esse post.
Em um dos e-mails trocados com o tal fornecedor, me fizeram o questionamento sobre a identidade visual do nosso casamento. Vamos usar monograma?Ilustração?Florais? E daí veio o estalo da noiva aqui: “Como assim não temos um monograma?”. Não queremos florais tão pouco ilustrações... Precisamos então de um monograma.  Fui, então, fazer uma busca mais detalhada sobre o assunto e entre vários profissionais na área, descobri também algumas coisinhas interessantes dentre elas: o site The Wedding Chicks, onde podemos criar nosso próprio monograma e uma matéria no site Ja Casei com o gaúcho Luiz Paulo Monteiro, de 37 anos, que trabalha nessa área e resolveu desenvolver o monograma do seu próprio casamento, em 2008. Vou colocar aqui algumas passagens interessantes da matéria e quem quiser ler na integra basta clicar AQUI.

No Menu
Segundo a matéria, atualmente, em vez de relevos e imagens abstratas, os noivos têm optado por colocar suas iniciais em quase todos os utensílios e espaços que integram a cerimônia e a festa de casamento. #a noiva aqui já logo imaginou vários detalhes: menus, tags, cartão de agradecimento, tudo devidamente identificado com nosso monograma.
  
Detalhes para a criação do monograma

Na hora de decidir a ordem das iniciais quem o que manda é a tradição e como a tradição manda que a festa deva ser dada pelo pai da noiva é sugerido que as iniciais (ou inicial) da mulher seja a primeira – até como ato de cavalheirismo.  Importante também é ter uma textura, um elemento que vá criar uma unidade. Assim, o convite vai lembrar o cardápio, que vai lembrar o cone para pétalas, etc. Mesmo sendo peças totalmente diferentes.
Já viram que fiquei a noiva aqui ficou super empolgada né? Assim que for recebendo os orçamentos e conhecendo melhor o trabalho dos profissionais, posto aqui minhas impressões para vocês.

E vocês, terão ou já têm o monograma?
                                                                            Beijos

3 comentários:

  1. Ainda não tenho o meu!
    Quero muito fazer uma identidade visual, mas estou sem inspirações...
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Nosso monograma foi presente de uma amiga/madrinha que é designer. Não mostrei para quase ninguém ainda porque ainda não fizemos os convites. Mas eu sou encantada com o nosso monograma e fico achando que é o mais lindo do mundo, pode?! :)

    ResponderExcluir
  3. Eu estou desesperada pra montar logo minha identidade visual pois faltam menos de 4 meses.Muito boas as dicas do post.Bjs

    ResponderExcluir